Jovens estudantes criam mini-empresas durante as aulas

Cátia Andrea Costa 12 de abril de 2016

Durante o ano lectivo, os alunos criaram um conceito inovador, pesquisaram sobre o mercado de trabalho e desenvolveram um plano de negócios. Na Feira (I)limitada, de Norte a Sul de Portugal Continental, vão apresentar os resultados finais

Lisboa vai receber a primeira sessão da IX da Feira (I)limitada de 2016, esta sexta-feira.  O Centro Comercial Colombo é o palco para a apresentação de 50 mini-empresas criadas por estudantes do ensino secundário e profissional. No total, o projecto da Junior Achievement Portugal e dos seus parceiros vai dar a conhecer 170 mini-empresas criadas por 850 alunos de 18 distritos do País. Coimbra (18 de Abril), Cascais (19), Vila Real (20), Porto (22), Faro (26) e Évora (28) são as outras cidades visitadas pela Feira (I)limitada.

Durante o ano lectivo, segundo a organização, os alunos criam "um conceito inovador, pesquisam e informam-se sobre o mercado de trabalho e desenvolvem um plano de negócios". "Nesta competição estão reunidos alguns dos mais promissores empreendedores da próxima geração, que tiveram a oportunidade de, durante um ano lectivo no programa A Empresa, perceber o funcionamento das empresas e as características que precisam de desenvolver para serem alunos e profissionais preparados, informados e motivados", explicou a CEO da Junior Achievement Portugal, Erica Nascimento. "Criando empresas ou não, [estes alunos] serão muito mais empreendedores, curiosos, responsáveis, organizados, atentos às oportunidades que os rodeiam e seguros do seu potencial", reforçou.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais