FMI defende a regularização do mercado de cripto-moedas

Diogo Camilo com Leonor Riso 18 de abril de 2018

A organização recomendou aos bancos que aproveitem estas tecnologias para tornar a experiência de utilização do dinheiro real mais apelativa.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) defendeu esta quarta-feira a regularização do mercado das cripto-moedas e aconselhou prudência para os riscos futuros à estabilidade do sistema financeiro. Na mais recente edição do Global Stability Report, a organização recomendou aos bancos centrais que aproveitem estas tecnologias para tornar a experiência de utilização do dinheiro real mais apelativa.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais