Estas plantas crescem sem terra, nem sol

Susana Lúcio 21 de julho de 2019

Uma empresa portuguesa está a estudar a produção de alfaces, couves ou tomates em câmaras climáticas computorizadas. Isso permite fazer 12 colheitas por ano – o dobro das estufas


As três variedades de alface produzidas pela Grow to Green nunca viram a luz do sol, não sabem o que é terra e nem sentiram gotas de chuva a escorrerem pelas folhas. Cresceram dentro de uma câmara climática – que parece saída de um filme de ficção científica sobre a vida em Marte –, dispostas em prateleiras e iluminadas por uma luz de cor magenta intensa. "Ali será noite daqui a 10 minutos", anuncia Patrícia Pires, bióloga, quando o relógio marca pouco mais das 11h. É que as lâmpadas LED que incidem sobre as alfaces vão apagar-se e para as plantas é como se o pôr-do-sol desse lugar a um céu estrelado.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais