Depois da Fitch, também a S&P corta perspetiva para Portugal

Jornal de Negócios 24 de abril de 2020

A agência de notação financeira pronunciou-se sobre a qualidade da dívida da República, cortando o outlook de positivo para estável, tal como a Fitch tinha feito há uma semana O rating de Portugal mantém-se dois níveis acima de lixo.

A Standard & Poor’s anunciou esta sexta-feira à noite o corte da perspetiva (outlok) para a evolução da dívida de longo prazo de Portugal, de positiva para estável.

Não se esperava hoje uma decisão da S&P para Portugal, tendo a agência decidido pronunciar-se fora da data calendarizada – tal como fez a Fitch há uma semana.

A agência tinha decidido, no passado dia 14 de março, manter a classificação e a perspetiva da República, e a próxima avaliação estava agendada para 11 de setembro.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais