Autoeuropa vai mesmo avançar com novo horário

Alexandra Pedro 06 de dezembro de 2017

Empresa alemã diz ser "indiscutível" implementação do novo horário para cumprir "programa de produção".

A Autoeuropa emitiu um comunicado esta terça-feira em que admite avançar com os novos horários de laboração contínua. No documento a que a SÁBADO teve acesso, a empresa alemã diz ser "indiscutível a necessidade de ter no início do novo ano um modelo de trabalho que responda às encomendas dos clientes para a primeira metade de 2018, sob risco de entrarmos em incumprimento com o programa de produção".

A fábrica instalada em Palmela garante ainda que esta será "uma decisão" que vai cumprir a lei, manter o emprego, assegurar o crescimento da fábrica e o programa de produção. "Em paralelo, a empresa vai manter abertos os canais de comunicação com as partes envolvidas", refere ainda. 

"Desde 2015, em que a laboração contínua foi considerada no acordo laboral, que se tem procurado construir um modelo de trabalho que seja o mais conveniente possível para todas as partes envolvidas. Isto é, que seja um modelo de trabalho legal, que considere a rotação adequada entre turnos e preveja uma compensação adicional à prevista na lei", indica o comunicado. 

A empresa alemã, que já viu dois pré-acordos negociados entre sindicatos e trabalhadores serem chumbados, lembra ainda que mesmo com a redução do volume de trabalho, a Autoeuropa manteve os postos de trabalho e conseguiu ainda colocar 400 trabalhadores noutras fábricas do grupo da Volkswagen. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais