Ali Daei, o rei que Cristiano Ronaldo quer destronar

Ali Daei, o rei que Cristiano Ronaldo quer destronar
Leonor Riso 23 de junho de 2021

É do jogador iraniano o recorde de mais golos marcados em jogos internacionais: 109. A CR7, só faltam dois golos.

A 17 de junho de 2006, no agora Deutsche Bank Park, estádio em Frankfurt, um jogador de 21 anos marcou um golo de penálti à seleção do Irão. Chamava-se Cristiano Ronaldo, alinhava pelo Manchester United e, naquele jogo, representava Portugal. No banco iraniano, estava Ali Daei. Para o goleador iraniano, a quem chamavam Shariar (rei em persa), aquele golo português aos 80 minutos significou o fim do caminho do Irão no Mundial de 2006 e o seu último jogo pelo país. E naquela altura, talvez não imaginasse que aquele jovem seria a pessoa mais perto de lhe roubar o recorde de melhor marcador de sempre em jogos internacionais. Depois de ter marcado o 107.º golo por Portugal à Alemanha no dia 19 de junho, só faltam dois para CR7 igualar o Shariar. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais