Quanto demora um carro ao sol a atingir temperaturas mortais?

Um estudo realizado por investigadores da Universidade do Estado de Arizona e da Universidade da Califórnia estudou o tempo que um carro ao sol demora a atingir temperaturas fatais para crianças.

Uma hora. Esta é a resposta. Num dia quente (com temperaturas acima dos 28º pelo menos), um carro deixado ao sol com exposição directa atinge uma temperatura mortal para uma criança em uma hora. Um carro deixado à sombra num dia com altas temperaturas consegue atingir um nível fatal em duas horas.

A conclusão é de um estudo científico publicado a 23 de Maio na revista Temperature: três investigadores norte-americanos propuseram-se a estudar mortes de crianças deixadas em carros ao sol. O estudo teve em conta três variáveis: o tipo de veículo, período do dia e exposição solar (directa ou com sombra) na temperatura interna de uma criança com pelo menos 2 anos e os cientistas concluíram, através da extrapolação dos dados, que bastam 2 horas num carro com exposição solar directa ou directa para causar danos físicos e mentais a crianças.

Evaluating the impact of solar radiation on pediatric heat balance within enclosed, hot vehicles, o nome do estudo, pretendeu demonstrar de que maneira um corpo de uma criança reage quando exposto a altas temperaturas. As crianças, comparativamente aos adultos, têm mais dificuldades em regular a sua temperatura corporal e a temperatura interna pode subir 5 vezes mais rápido do que num adulto. Por isso, estão mais sujeitas a ter insolações (sobreaquecimento do corpo causado por exposição solar prolongada e intensa) – o mesmo ocorre com animais. A isto acrescenta-se o facto de uma criança ter mais dificuldades em controlar ou abandonar este determinado local em caso de risco.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais