Covid-19: Devemos preocupar-nos com a variante do Uganda?

Covid-19: Devemos preocupar-nos com a variante do Uganda?
Sónia Bento 25 de março

Surgiu no Uganda, num caso isolado no Reino Unido e em Espanha, e será mais contagiosa. O virologista Pedro Simas diz que o aparecimento de novas estirpes não é alarmante, mas "temos de estar muito atentos".


Depois das estirpes do Reino Unido, da África do Sul, do Brasil, do México e da Índia, a nova variante da covid-19 é do Uganda e foi detetada na Andaluzia, confirmaram as autoridades de saúde espanholas, segundo noticiou o jornal ABC. Denominada A23-1, esta caracteriza-se por "uma maior capacidade de transmissão", ainda que "não seja claro que tenha mais capacidade de virulência". Até agora esta variante, que não implica maior mortalidade, só se tinha revelado no Uganda e num caso "muito isolado" no Reino Unido.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais