Há mais de 60 anos que não se descobria tão pouco petróleo

Negócios 23 de maio de 2016

Tanto nos EUA como no resto do mundo, a descoberta de novas jazidas de ouro negro ficou em mínimos de 63 anos. A prazo, a travagem na descoberta pode abrir um gap entre procura e oferta, alerta o Morgan Stanley.

Por Paulo Zacarias Gomes - Jornal de Negócios

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login