Herdeiro ao trono pode casar-se com alguém do mesmo sexo, defende primeiro-ministro dos Países Baixos

Herdeiro ao trono pode casar-se com alguém do mesmo sexo, defende primeiro-ministro dos Países Baixos
Leonor Riso 13 de outubro

Declarações de Mark Rutte surgiram depois da publicação de um livro que levanta essa possibilidade, mas não especula sobre a vida pessoal da princesa Catharina Amalia.

Nos Países Baixos, o primeiro-ministro afirmou que a herdeira da coroa tem direito a casar-se com uma pessoa de qualquer género sem ter que desistir dos seus direitos ao trono. A princesa Catharina-Amalia, de 17 anos, não fez comentários sobre o assunto e pouco se sabe sobre a sua vida pessoal. As declarações do primeiro-ministro surgiram após a publicação de um livro que indica que as regras do país excluem a possibilidade de um casamento real entre pessoas do mesmo sexo. 

Contudo, Mark Rutte, primeiro-ministro dos Países Baixos, defendeu que os tempos mudaram desde que um dos seus antecessores se referiu ao assunto, no ano 2000.

"O governo acredita que o herdeiro também pode casar-se com uma pessoa do mesmo sexo", defendeu Rutte, numa carta enviada ao parlamento. "Por isso o executivo não acredita que um herdeiro ao trono ou o rei deva abdicar se quiser casar-se com um parceiro do mesmo sexo."

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui