Boris Johnson a caminho do terceiro casamento

Boris Johnson a caminho do terceiro casamento
Ricardo Santos 25 de maio

A data está marcada. O primeiro-ministro do Reino Unido casa a 30 de julho de 2022. Os convidados começaram a receber a informação da união com Carrie Symonds. São o primeiro casal a viver em Downing Street sem papel passado.

Boris Johnson e Carrie Symonds já escolheram a data do casamento. Será a 30 de julho de 2022 que o primeiro-ministro do Reino Unido vai oficializar a união com a ativista política e ambiental. Uma relação que terá começado em 2018, quando Boris ainda estava casado com a segunda mulher, Marina Wheeler. Boris e Carrie são o primeiro casal a viver em Downing Street sem estarem legalmente casados.

Os amigos mais próximos e as famílias dos noivos começaram a receber a informação da data do casamento na semana passada. O noivado começou em 2019 e o casamento já poderia ter acontecido, mas a pandemia acabou por afetar os planos de Boris Johnson (56 anos) e Carrie Symonds (33). Agora, a mais de um ano de distância, os preparativos podem finalmente começar. O local do evento parece estar escolhido: Chequers Court, a casa de campo do Primeiro Ministro. Trata-se de um edifício do século XVI, junto à vila de Ellesborough, em Buckinghamshire, a pouco mais de 60 quilómetros de Londres. Há, no entanto, outros locais em cima da mesa, como o parque de safaris Port Lympne, em Kent, onde Carrie Symonds trabalha.

O pedido de casamento aconteceu na ilha privada de Mustique, uma das Grenadinas, nas Caraíbas, no final de 2019, mas já antes disso o casal tinha tomado conta da residência oficial do PM britânico. A fazer-lhes companhia em Downing Street está o cão Dilyn que, de acordo com Boris, tem sido uma grande ajuda no combate ao stress inerente ao cargo.

Este será o terceiro casamento de Boris Johnson, depois das uniões com Allegra Mostyn-Owen e Marina Wheeler. O primeiro aconteceu em 1987, tendo sido anulado em 1993. Uma dúzia de dias depois, Boris voltou a casar, com Marina, do qual resultaram quatro filhos (dois rapazes e duas raparigas). Em setembro de 2018 a relação de 25 anos chegou ao fim e o divórcio oficial saiu em novembro do ano passado.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui