Secretário-geral do PSD mentiu no currículo

Susana Lúcio 10 de março de 2018

O secretário-geral do PDS, Feliciano Barreiras Duarte, apresentava-se como visiting scholar na Universidade de Berkeley, mas não é verdade.

Feliciano Barreiras Duarte, nomeado secretário-geral do PSD pelo novo presidente, Rui Rio, incluía no seu currículo que era há anos, visiting scholar (um professor de uma universidade que realiza investigação ou dá aulas noutra universidade por convite) da Universidade de Berkeley, na Califórnia, EUA.

Mas, segundo o semanário Sol, a Universidade de Berkeley não tem qualquer registo em nome de Feliciano Barreiras Duarte. O antigo chefe de gabinete de Pedro Passos Coelho já avançou que irá corrigir o currículo.

O secretário-geral do PSD apresentou como prova uma carta escrita pela directora executiva do Programa de Estudos Portugueses da Universidade de Berkeley, Deolinda Adão, em que se atesta que Feliciano Barreiras Duarte "se encontra inscrito nesta universidade como estatuto de ‘visiting scholar, no âmbito do seu doutoramento em Ciência Política com a tese Políticas Públicas e Direito da Imigração."

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais