Património colonial: Brasil "deseja" Carta de Pero Vaz Caminha

Património colonial: Brasil 'deseja' Carta de Pero Vaz Caminha
Sara Capelo 16 de fevereiro de 2020

Não é ainda uma intenção, porque não existe consenso. Nem houve um pedido oficial. Mas é um "objeto de desejo", caso o Brasil avance com um pedido de restituição histórica.

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) assume desconhecer o património existente em Portugal. A "questão da repatriação de vens culturais é assunto ainda embrionário", explicou fonte oficial à SÁBADO

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais