Cantinas da PSP abastecidas por empresa acusada de corrupção

Cantinas da PSP abastecidas por empresa acusada de corrupção
Diogo Camilo 06 de janeiro de 2019

A Pac & Bom é acusada, no âmbito da Operação Zeus, de inflacionar faturas num esquema em que cobrava à Força Aérea valores superiores à quantidade de bens alimentares que eram entregues.

Desde o verão de 2017 que a PSP recebe nas suas cantinas bens alimentares de uma das empresas acusada de corrupção no caso das messes da Força Aérea. Apesar de inúmeros casos de faturas inflacionadas que foram detetadas pelo Ministério Público (MP) no âmbito da Operação Zeus, não existem mecanismos legais cautelares para evitar que a Pac & Bom continue a fornecer o Estado, uma vez que até ser condenada é considerada como inocente, noticia o jornal Público deste domingo. O processo começa esta segunda-feira a ser julgado.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais