Campanha falsa com o nome da Galp no dia das mentiras lança o caos

Além de um e-mail falso enviado às redações, foi lançada uma campanha falsa pelas ruas de Lisboa em nome da Galp, aproveitando o dia das mentiras. "Mais lucro, menos pessoa", lê-se nos cartazes espalhados pelo grupo ambientalista internacional Shale Must Fall, que fez campanha em dez países da Europa.

Um e-mail falso a circular em nome da Galp e uma campanha falsa nas ruas de Lisboa começaram por marcar esta quinta-feira, dia das mentiras. Além de uma informação simulada enviada à imprensa logo ao início do dia, que dava conta do fim do projeto de gás natural em Cabo Delgado e que induziu em erro vários órgãos de comunicação social, foram espalhados pela cidade de Lisboa vários mupis com as seguintes frases: "O nosso futuro é CO2lonialismo" e "mais lucro, menos pessoas". Nos cartazes publicitários, além de ter sido utilizado o logótipo da Galp, podia ler-se que a empresa conquistou "as explorações de gás em Cabo Delgado". 

A publicidade espalhada pela capital não é, no entanto, exclusiva. Os responsáveis pela campanha, os ambientalistas do grupo Shale Must Fall, espalharam publicidade por dez países da Europa, como Reino Unido, Dinamarca, França e Espanha. E em cada país foi escolhida uma determinada empresa. Em Espanha, por exemplo, a publicidade espalhou-se pelas rua de Madrid e Barcelona, com empresas como a Repsol e a Iberdrola. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais