54 médicos para responder a crise no São José e na MAC

C.A.C. 14 de julho de 2018

Presidente do Centro Hospitalar de Lisboa Central acredita que profissionais podem estar a trabalhar até ao final do Verão.

O ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, garantiu ao Centro Hospitalar de Lisboa Central, do qual fazem parte São José e a Maternidade Alfredo da Costa, que vai receber 54 médicos no próximo concurso para recém-especialistas. O anúncio da contratação foi feito durante uma reunião com a administração do CHLC na passada quinta-feira. No mesmo encontro, estiveram presentes os chefes de equipa que apresentaram a sua demissão devido ao que consideram ser a falta de condições de segurança da urgência do Hospital de São José.

Em declarações do Diário de Notícias, a presidente do CHLC, Ana Escoval, revelou que também irão entrar mais oito a 13 profissionais em contrato individual de trabalho. "Espero ter estes 62 a 67 profissionais a trabalhar até ao final do verão, embora muitos deles já estão connosco no seguimento do internato", revelou na mesma entrevista.

No dia 6 de Julho, os chefes de equipa de medicina interna e cirurgia geral do hospital de S. José apresentaram a demissão por considerarem que as condições da urgência não têm níveis de segurança aceitáveis.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais