O verdadeiro primeiro-ministro é Pedro Nuno Santos
Sandra Felgueiras
01 de julho

O verdadeiro primeiro-ministro é Pedro Nuno Santos

Analisando este jogo de semântica, que todos consumimos como se fosse uma novela mexicana, parece ter ficado claro que ontem não assistimos a uma crise política, mas a um teatro devidamente encenado que não correu de feição, nem a Costa nem a Marcelo.

É certo que o país ficou atónito quando viu António Costa, logo pela manhã, emitir um comunicado duríssimo a revogar o despacho que Pedro Nuno Santos mandou assinar que tomava, finalmente, uma decisão para o futuro aeroporto de Lisboa.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui