Quatro jovens tapam com cimento memorial do atentado de Barcelona

Quatro jovens tapam com cimento memorial do atentado de Barcelona
Mariana Branco 10 de dezembro de 2019

Os jovens, de origem paquistanesa, terão tapado parte do memorial às vítimas do atentado de 17 de agosto de 2017, nas Ramblas, por acreditarem que "as letras árabes não se podem pisar".

Quatro jovens paquistaneses foram identificados em Barcelona por terem alegadamente tapado com cimento parte do memorial às vítimas do atentado terrorista de 17 de agosto de 2017 nas Ramblas. De acordo com o El País, a Guardia Urbana acusa os homens de danos ao património e de um presumível delito de ódio.

Os autores foram fotografados enquanto tapavam o memorial - que tem a frase "Que a paz te cubra, oh cidade de paz" em catalão, castelhano, inglês e árabe -, o que permitiu que as autoridades os localizassem e os identificassem.

Segundo fontes policiais, os jovens passaram cimento sobre a inscrição em árabe da placa de homenagem por defenderem que "as letras árabes não se podem pisar".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais