Guerra na Ucrânia. Putin afasta diretores dos serviços de informação e generais

Dois diretores do FSB terão alegadamente sido postos em prisão domiciliária devido à passagem de informações pouco relevantes sobre a Ucrânia. Diretor do Conselho de Segurança ucraniano diz que oito comandantes russos já terão sido despedidos desde o início da guerra.

Vladimir Putin terá decretado a prisão domiciliária para dois dos principais diretores do Serviço Federal de Segurança (FSB), os serviços de informação e inteligência da Rússia, de acordo com o jornal Daily Mail e com o jornal britânico The Times. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais