Estado de emergência devido a violência em manifestação de extrema-direita

12 de agosto de 2017

Gritando "as vidas dos brancos importam", os manifestantes concentraram-se em frente à estátua de Thomas Jefferson, um dos dois pais fundadores dos Estados Unidos

A polémica marcha "Unir a direita" concentra hoje centenas de brancos supremacistas em Charlottesville, no Estado norte-americano da Virginia, em protesto pela retirada de uma estátua de homenagem ao general Robert E. Lee, um dia depois de violentos confrontos.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais