Encontrada caixa negra do avião que se despenhou no Irão

Lusa 12 de março de 2018
As mais lidas

A caixa negra do jacto privado turco que se despenhou no Irão causando a morte de todas as 11 pessoas a bordo foi encontrada esta segunda-feira.

As autoridades iranianas já recuperaram a caixa negra do jacto privado turco que se despenhou no Irão quando viajava dos Emirados Árabes Unidos para Istambul, causando a morte de todas as 11 pessoas a bordo.

EPA/MIZAN NEWS AGANCY / MOHAMMAD KHADEMOSHEIKH
De acordo com a agência noticiosa iraniana IRNA, as autoridades também recuperaram 10 corpos resultantes do desastre, ocorrido nas montanhas de Zagros, fora da cidade de Shahr-e Kord, a 370 quilómetros a sul da capital, Teerão.

O voo partiu no domingo de Sharjah, nos Emirados Árabes Unidos.

As autoridades da aviação civil de Sharjah informaram que seis das oito passageiras que seguiam no aparelho são de nacionalidade turca e duas de nacionalidade espanhola. As outras três pessoas a bordo seriam os tripulantes.

O voo transportava Mina Basaran, a filha, de 28 anos, de Huseyin Basaran, o 'chairman' da Basaran Investment Holding, que viajaria com amigas celebrando a conclusão do bacharelato no Dubai, refere a agência iraniana.
Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais