Detido empresário de Malta suspeito de estar ligado a morte de jornalista

Detido empresário de Malta suspeito de estar ligado a morte de jornalista
Diogo Barreto 20 de novembro de 2019

Yorgen Fenech foi detido enquanto estava a tentar abandonar a ilha, esta madrugada. A detenção ocorre um dia depois de um dos suspeitos ter recebido um perdão em troca de informações.

Yorgen Fenech, um dos maiores empresários de Malta, foi detido sob suspeitas de envolvimento na morte da jornalista que acompanhava casos de corrupção no país Daphne Caruana Galizia e que foi assassinada em 2017.

O milionário foi detido enquanto tentava sair, de madrugada, da ilha mediterrânea a partir do porto de Portomaso, a bordo do seu iate. As fontes citadas pela agência noticiosa Reuters não referem se Fenech já foi acusado formalmente. 

Segundo a lei de Malta, a polícia tem 48 horas para interrogar e acusar o suspeito antes de o libertar. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais