Designer quer poder recusar casais homossexuais e os juízes conservadores concordam

Designer quer poder recusar casais homossexuais e os juízes conservadores concordam
Débora Calheiros Lourenço 06 de dezembro de 2022

Lorie Smith é uma web designer cujo caso contra o estado do Colorado chegou ao Supremo Tribunal dos Estados Unidos. Defende que o seu direito à liberdade de expressão permite que não desenvolva produtos para casamentos homossexuais, aos quais se opõe.

Lorie Smith é uma web designer cristã evangélica que luta nos tribunais dos EUA para ver consagrado o seu direito a recusra trabalhos de casais homossexuais, alegando ser contra estas uniões. O processo já chegou ao Supremo Tribunal e os juízes conservadores mostraram, esta segunda-feira, simpatia pelos argumentos da queixosa. Lorie Smith opõe assim os direitos LGBT à liberdade de expressão, que segundo a própria, isenta os artistas, como ela, de cumprirem leis antidiscriminatórias.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais