Corbyn garante: "Não faremos coligações pós-eleitorais"

Cátia Andrea Costa 17 de novembro de 2019

Sondagens colocam os conservadores em vantagem para as eleições de 12 de dezembro, mas o líder do Partido Trabalhista rejeita qualquer acordo posterior com independentistas escoceses.

O Partido Trabalhista não pretende formar um governo de coligação com outros partidos da oposição caso não consiga a maioria no parlamento do Reino Unido, após as eleições antecipadas de 12 de dezembro. A garantia foi dada pelo líder do Labour, Jeremy Corbyn, após serem reveladas várias sondagens que dão uma vantagem confortável ao Partido Conservador, liderado por Boris Johnson.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais