25 800 menores sozinhos chegaram em 2016 às costas italianas

Lusa 13 de janeiro de 2017
As mais lidas

Crowe referiu-se ainda às "condições graves" em que se encontram os menores não acompanhados que chegaram às ilhas gregas, onde vivem ao relento, em situações "extremamente duras"

Mais de 25.800 menores não acompanhados chegaram às costas de Itália em 2016 depois de atravessarem o Mediterrâneo, um número que é o dobro do registado em 2015, indicou a Unicef.

"Estes números não têm precedente e mostram que a crise de refugiados e imigrantes na Europa é uma crise de crianças", afirmou a porta-voz da Unicef, Sarah Crowe, em conferência de imprensa, de acordo com a agência espanhola Efe.

Crowe referiu-se ainda às "condições graves" em que se encontram os menores não acompanhados que chegaram às ilhas gregas, onde vivem ao relento, em situações "extremamente duras" atendendo ao inverno rigoroso que está a verificar-se este ano na Europa.
Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana.
Boas leituras!
Artigos Relacionados
Opinião Ver mais