Alce passa dois anos com pneu ao pescoço

O animal selvagem foi avistado pela primeira vez em 2019 nos Estados Unidos. Dois anos depois, os guardas-florestais conseguiram remover o objecto - mas o alce ficou sem chifres.

Um alce que viveu com um pneu ao pescoço durante dois anos ficou finalmente sem ele no dia 9 de outubro, sábado à noite. O animal selvagem foi localizado perto de Pine Junction, no sudoeste de Denver, Estados Unidos da América, e teve que ser anestesiado para se proceder à remoção do pneu.

De acordo com os guardas florestais, só foi possível capturar e libertar o alce, com cerca de quatro anos e meio de idade, à quarta tentativa da semana. Para retirar o pneu, foi necessário cortar-lhe os chifres, lamentou o guarda-florestal Scott Murdoch ao jornal The Guardian: "Preferíamos cortar o pneu e deixar os chifres para a época do cio, mas a situação foi dinâmica e tínhamos de tirar o pneu de qualquer maneira possível." O início da época do cio, que faz com que os alces andem em grupo, ajudou os guardas-florestais a localizarem o animal.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui