"Ice Merchants", de João Gonzalez, é o primeiro filme português nomeado para os Óscares

Pela primeira vez, há um filme português nomeado nos Óscares. Trata-se de uma curta-metragem de animação, do realizador português João Gonzalez.

Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 26 de janeiro a 1 de fevereiro
As mais lidas GPS
'Ice Merchants', de João Gonzalez, é o primeiro filme português nomeado para os Óscares
Gonçalo Correia 24 de janeiro
João Gonzalez é o primeiro realizador português com um filme nomeado para os Óscares
João Gonzalez é o primeiro realizador português com um filme nomeado para os Óscares D. R.

Já são conhecidos os nomeados à próxima edição dos Óscares. E pela primeira vez, um filme português foi nomeado: Ice Merchants, produção portuguesa, francesa e britânica, do realizador português João Gonzalez, foi nomeado para a categoria Melhor Curta-Metragem de Animação.

O filme, que tem duração de 14 minutos e técnicas de animação 2D, concorre com as curtas-metragens The Flying Sailor, My Year of Dicks, An Ostrich Told Me The World Is Fake and I Think I Believe It e The Boy, The Mole, The Fox and The Horse. A sinopse oficial indica a premissa da história: "Um homem e o seu filho saltam de pára-quedas todos os dias, da sua casa fria e vertiginosa presa no alto de um precipício, para se deslocarem à aldeia que se situa na planície abaixo, onde vendem o gelo que produzem durante a noite".

A carregar o vídeo ...

Nascido em 1996, João Gonzalez é um realizador, ilustrador e músico português. Estudou no Royal College of Art, em Londres, e na ESMAD - Escola Superior de Media Artes e Design, do Instituto Politécnico do Porto, e teve também formação musical em piano clássico. Antes desta nova curta-metragem de animação, fez filmes anteriores como Nestor e The Voyager e em 2022 tornou-se o primeiro realizador português de filmes de animação a ser premiado no festival de Cannes, já por Ice Merchants.

Everything Everywhere All At Once é o mais nomeado

O anúncio dos nomeados aos prémios de cinema de Hollywood foi feito esta terça-feira, em vídeo, pelos apresentadores Riz Ahmed, rapper e ator britânico premiado de ascendência paquistanesa que se destacou nas séries Girls e The Night Of e em filmes como Sound of Metal, e Allison Williams, atriz de Girls e dos filmes Get Out, de Jordan Peele, e de M3gan.

O filme Everything Everywhere All at Once, de Dan Kwan e Daniel Scheinert, lidera as nomeações, estando candidato a 11 categorias. Seguem-se, entre os mais nomeados, o alemão All Quiet on the Western Front e Os Espíritos de Inisherin, com nove, Elvis, com oito, The Fabelmans, com oito, e Tár e Top Gun: Maverick, com seis nomeações.

A carregar o vídeo ...

Entre os atores mais nomeados estão Austin Butler (Elvis), Colin Farrell (Os Espíritos de Inisherin), Brendan Fraser (The Whale), Paul Mescal (Aftersun) e Bill Nighy (Living), para ator principal, e, na categoria de Melhor Ator Secundário, Judd Hirsch (The Fabelmans), Ke Huy Quan (Everything Everywhere All At Once), Brian Tyree Henry (Causeway) e Brendan Gleeson e Barry Keoghan (Os Espíritos de Inisherin). 

Já nas atrizes, estão nomeadas Cate Blanchett (Tár), Ana de Armas (Blonde), Andrea Riseborough (To Leslie), Michelle Williams (The Fabelmans) e Michelle Yeoh (Everything Everywhere All At Once) para atriz principal e, para atrizes secundárias, Angela Bassett (Black Panther: Wakanda Forever), Hong Chau (The Whale), Kerry Condon (Os Espíritos de Inisherin) e Jamie Lee Curtis e Stephanie Hsu (Everything Everywhere All At Once).

Na categoria de Melhor Realizador, estão nomeados Martin McDonagh (Os Espíritos de Inisherin), Daniel Kwan e Daniel Scheinert (Everything Everywhere All At Once), Steven Spielberg (The Fabelmans), Todd Field (Tár) e Ruben Ostlund (Triangle of Sadness).

Steven Spielberg está nomeado para Melhor Realizador
Steven Spielberg está nomeado para Melhor Realizador REUTERS/Mario Anzuoni

À categoria mais desejada, a de Melhor Filme, estão nomeados All Quiet on the Western Front, Avatar: The Way of Water, Os Espíritos de Inisherin, Elvis, Everything Everywhere All At Once, The Fabelmans, Tár, Top Gun: Maverick, Triangle of Sadness e Women Talking.

A cerimónia de entrega da 95ª edição dos Óscares está agendada para 12 de março e vai decorrer, como habitual, no Dolby Theatre, em Los Angeles, na Califórnia. A condução da cerimónia ficará a cargo do humorista e apresentador Jimmy Kimmel, que já dirigira por duas vezes a apresentação dos Óscares.

Os Óscares em 2022: CODA e uma chapada de Will Smith

No ano passado, o Óscar de Melhor Filme foi entregue a CODA (superando O Poder do Cão, Belfast, Duna, Licorice Pizza e Drive My Car), vencendo ainda nas categorias de Melhor Argumento Adaptado e Melhor Ator Secundário. Foi a primeira vez que um filme visto sobretudo no pequeno ecrã da televisão venceu o Óscar de Melhor Filme, já que CODA foi exibido maioritariamente não em salas de cinema (apesar de ter passado pelo festival Sundance e por algumas salas dos EUA), mas na plataforma de streaming Apple TV+.

Também Duna, de Denis Villeneuve, teve uma noite feliz em 2022: venceu seis Óscares, nas categorias Melhor Som, Melhor Banda Sonora, Melhor Montagem, Melhores Efeitos Visuais, Melhor Fotografia e Melhor Design de Produção. O Óscar de Melhor Realizador foi entregue, no último ano, a Jane Campion (O Poder do Cão), Belfast venceu Melhor Argumento Original e Will Smith, Jessica Chastain, Troy Kotsur e Ariana DeBose venceram nas categorias de interpretação.

A cerimónia do último ano ficou, no entanto, marcada sobretudo por um momento inesperado e que concentrou as atenções: uma agressão do ator Will Smith ao apresentador, o humorista Chris Rock, na sequência de uma piada feita sobre a mulher de Will Smith.

Artigos Relacionados
A Newsletter As Mais Lidas no seu e-mail
Às Sextas-Feiras não perca as notícias mais lidas da semana