Rendimento de contribuintes vai aumentar, defende Rocha Andrade

Cátia Andrea Costa 13 de janeiro de 2017

Segundo o Governante, a extinção da sobretaxa e a actualização da taxa de retenção na fonte mediante a inflação vai permitir a alguns contribuintes aumentarem os rendimentos mensais

O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Fernando Rocha Andrade, assegura que os contribuintes vão passar a ter mais dinheiro disponível no final do mês, apesar da actualização da taxa de retenção na fonte em sede de IRS. Numa entrevista à TSF, o governante assumiu ainda que, com a extinção da sobretaxa de IRS, o próximo objectivo do Executivo é redesenhar as tabelas do referido imposto.

"Com a extinção da sobretaxa a 1 de Janeiro para o segundo escalão dos rendimentos, todos estes trabalhadores vão deixar de ter retenções na fonte já este mês. Depois, o IRS foi actualizado segundo a inflação registada – 0,8% - e essa actualização vai traduzir-se num aumento de rendimento para algumas pessoas", detalhou Rocha Andrade, recordando que cerca de um milhão de contribuintes está dispensado de entregar a declaração de IRS. Para que tal aconteça, não podem ter dependentes a cargo e só podem ter rendimentos de trabalho e pensões.  

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais