Piripíri com sabor a Portugal

Joana Stichini Vilela 27 de junho de 2016

Um português e um sul-africano criaram um gigante de fast food. A empresa vende frango assado em 34 países e o galo de Barcelos é a imagem de marca

Foi amor à primeira dentada. Não se sabe se o sul-africano Robert Brozin, 27 anos, deitou fumo pelas orelhas ou se ficou com a língua a arder. Certeza só uma: para ele aquele era o melhor frango no churrasco que alguma vez tinha provado. Estávamos em 1987 e o segredo pertencia à comunidade de portugueses vindos de Moçambique. Não fosse o amigo Fernando Duarte tê-lo levado ao Chickenland, um modesto restaurante nos subúrbios de Joanesburgo, e o mundo nunca teria visto nascer um dos gigantes de fast food e o único a servir comida portuguesa, o Nando’s e o seu frango com piripíri.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais