BdP “está a avaliar” possíveis condutas ilícitas na CGD com base na auditoria da EY

Jornal de Negócios 27 de março de 2019

O governador do Banco de Portugal afirma que a entidade que lidera já está a atuar com base nas conclusões a que chegou a auditora EY, que analisou a gestão do banco estatal entre 2000 e 2015.

Carlos Costa, o governador do Banco de Portugal, garante que a entidade que lidera já está a atuar com base nas conclusões da auditoria da EY à gestão da Caixa Geral de Depósitos (CGD) entre 2000 e 2015. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais