Jogador turco confessa ter assassinado o filho de cinco anos: "Não o queria"

Record 13 de maio de 2020

Criança tinha contraído covid-19 e o pai acabou por sufocá-lo em pleno hospital.

Cevher Toktas, futebolista turco do Bursa Yildirim Spor (mas que chegou a passar pelo principal escalão em 2009), entregou-se à polícia e admitiu ter matado o filho de apenas cinco anos, que recentemente tinha contraído coronavírus.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais