A SÁBADO na vitória histórica do "velho" Bolt (vídeos)

Rui Hortelão, no Rio de Janeiro 19 de agosto de 2016

Na madrugada desta sexta-feira, o jamaicano venceu a pela terceira vez consecutiva os 200 metros, repetindo o feito alcançado na prova do hectómetro

"Estou a ficar velho e o meu corpo também. Pessoalmente, acho que foram os meus últimos 200 metros, mas o meu treinador pode discordar", disse um sorridente Usain Bolt aos jornalistas, depois de aumentar a sua história nos Jogos Olímpicos. Na madrugada desta sexta-feira, o jamaicano venceu a pela terceira vez consecutiva os 200 metros, repetindo o feito alcançado na prova do hectómetro. Foi também a sua 13.ª medalha de ouro entre Jogos Olímpicos e Mundiais.


O velocista queria bater o seu próprio recorde do mundo (19,19), fixado em Londres2012, mas tal não foi possível. Nada que abalasse a festa que se seguiu. Tal como a SÁBADO conta na edição que chegou esta quinta-feira (18) às bancas, os festejos fizeram-se ao som da sua música preferida de Bob Marley: One Love (Um amor). Depois, perante uma multidão que gritava pelo seu nome, imitou o raio - a sua imagem de marca.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais