Vacina para a Covid-19 já começou a ser testada em humanos

Vacina para a Covid-19 já começou a ser testada em humanos
Diogo Camilo 23 de abril de 2020

Pelo menos duas pessoas já fizeram parte dos primeiros ensaios clínicos em humanos de uma vacina para combater o novo coronavírus, em Oxford. Para criar a vacina, investigadores juntaram proteínas do coronavírus a uma versão enfraquecida de um vírus comum da gripe.

Já começaram os primeiros ensaios clínicos em humanos de uma vacina para o novo coronavírus, em Oxford. Pelo menos dois voluntários saudáveis já foram injetados com a primeira vacina, num estudo que vai juntar mais de 800.

Numa primeira fase, e de maneira a perceber a eficácia da vacina, metade receberá a vacina destinada ao combate da Covid-19, enquanto a outra metade receberá uma vacina de controlo - que protege contra a meningite, não contra o coronavírus. Nenhum dos voluntários saberá que vacina irá receber.

A vacina foi desenvolvida em menos de três meses por uma equipa da Universidade de Oxford e a investigadora principal do processo de investigação pré-clínica demonstrou-se "80% confiante". "Claro, temos de testar e conseguir informação de humanos. Temos de demonstrar que a vacina funciona e que faz com que as pessoas deixem de estar infetadas, antes de a usarmos numa maior população", afirma à BBC Sarah Gilbert.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais