Equipa portuguesa foi a primeira a identificar genoma do vírus da varíola dos macacos

Até ao momento, contam-se mais de 150 casos confirmados fora de países em que o vírus é endémico. Em Portugal, esta segunda-feira confirmou-se um total de 37 infetados.

Após a confirmação dos primeiros casos de infeção humana, uma equipa do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge conseguiu identificar a sequência genética do vírus da varíola-dos-macacos, também conhecido como monkeypox. Esta descoberta, refere em comunicado o INSA, "poderá ser fundamental para compreender a origem do surto e as causas para a rápida disseminação da doença". Até ao momento, contam-se mais de 150 casos confirmados fora de países em que o vírus é endémico. Em Portugal, esta segunda-feira confirmou-se um total de 37 infetados.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais