Encontrada nova espécie de dinossauro "muito estranha"

Encontrada nova espécie de dinossauro 'muito estranha'
Diogo Barreto 06 de dezembro de 2017

O dinossauro conseguia deslocar-se quer em terra quer em água e teria "asas" que o ajudariam a nadar.

Um novo fóssil que havia sido roubado na Mongólia e que foi recentemente recuperado parece revelar nova espécie de dinossauro com traços que parecem indicar tratar-se de um animal híbrido.

Os cientistas responsáveis pela análise do fóssil revelam que o animal terá vivido há cerca de 75 milhões de anos e que teria a capacidade de viver tanto em água como em terra.

O animal teria um pescoço como um cisne, garras afiadas tanto nas patas como na ponta das "asas", um bico e cauda. As membranas laterais do corpo que parecem asas ajudavam o animal a deslocar-se dentro de água. Recebeu o nome de Halszkaraptor escuilliei, em honra do paleontólogo Halszka Osmolska e do coleccionador Escuillié.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais