O rapaz de branco é português e ajudou milhares de indianos

O rapaz de branco é português e ajudou milhares de indianos
Marco Alves 03 de agosto de 2017

Tomás Magalhães distribuiu livros, redes mosquiteiras e plásticos protectores para as monções nas ruas de Calcutá



T
omás Magalhães atendeu o telefonema da SÁBADO a partir de Calcutá, cidade indiana que está a 1.500 quilómetros da capital, Nova Deli, e que tem uma área metropolitana de 12 milhões de pessoas. Para usar uma analogia quase bíblica, é um oceano de gente, e Tomás ajudou uma gota nestes últimos meses. Estavam a ser os últimos dias na Índia para este português de 30 anos, que regressaria no fim-de-semana seguinte ao Porto, cidade onde nasceu e se formou em Física.

No dia em que falou com a SÁBADO, 26 de Julho, estava prestes a sair do Modern Lodge (o seu alojamento nestes meses, que de moderno só tem o nome), para continuar a fazer o que motivou o nosso telefonema: um projecto chamado Kolkata Monsoon Relief.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais