Covid-19: preocupações a ter quando usa uma casa de banho pública

Covid-19: preocupações a ter quando usa uma casa de banho pública
Diogo Barreto 29 de junho de 2020

Agora que mais pessoas partilham lugares públicos, é mais comum usar casas de banho partilhadas por várias pessoas. Há alguns cuidados a ter quando recorrer a estes espaços.

Um estudo recente mostrou que ao puxar o autoclismo pode fazer com que gotículas de coronavírus subam até um metro no ar e podendo perdurar nas superfícies das casas de banho. Isto é particularmente preocupante na utilização de casas de banho públicas e não as de nossa casa. 

O estudo refere que as partículas libertadas através de uma descarga podem manter-se no ar durante até um minuto, ou seja, tempo suficiente para sair da casa-de-banho e outra pessoa entrar, arriscando-se a inspirar aquelas gotículas de SARS-CoV-2. E o problema é que as gotículas não voam apenas na primeira descarga. Cada vez que o autoclismo é puxado, pode estar a propagar as gotículas do coronavírus para o ar.  É possível contrair covid-19 através dessas partículas que se mantêm no ar? Ainda não é certo, mas especialistas afirmam que pode ser uma hipótese. 

Alguns estudos mais recentes já levantaram dúvidas sobre a transmissão de coronavírus através do toque em superfícies, mas a verdade é que há vários estudos contraditórios atualmente sobre o tema, com alguns a afirmar que apesar de ser menos comum, é possível contrair o vírus a partir de uma superfície. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais