China volta a permitir comércio de chifres de rinoceronte

China volta a permitir comércio de chifres de rinoceronte
Mariana Branco 31 de outubro de 2018

O governo chinês reverteu assim uma proibição com 25 anos. Ambientalistas descrevem a situação como um "significativo retrocesso" dos esforços para proteger os animais da extinção.

O governo chinês anunciou na segunda-feira que irá voltar a autorizar o uso de chifres de rinoceronte e de ossos de tigre para fins medicinais, revertendo uma proibição já com 25 anos. Os ambientalistas descrevem a situação como um "significativo retrocesso" dos esforços para proteger os animais da extinção.

Em comunicado, o Conselho de Estado da China explica que o comércio e uso de chifres de rinoceronte e ossos de tigre serão submetidos a um pedido de autorização ligado a pesquisas científicas. Esta autorização apenas de aplica a animais criados em cativeiro. "Sob circunstâncias especiais, a regulação da venda e uso destes produtos vai ser reforçada, e qualquer acção relacionada vai ser autorizada. O volume do comércio vai ser rigorosamente controlado", refere a mesma nota.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais