Sete mortos em ataque suicida junto a prisão do Afeganistão

Lusa 31 de outubro de 2018
Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 13 a 19 de janeiro
As mais lidas

Pelo menos sete pessoas morreram e cinco ficaram feridas na sequência de um ataque suicida perto da maior prisão do Afeganistão, em Cabul.

Pelo menos sete pessoas morreram e cinco ficaram feridas na sequência de um ataque suicida perto da maior prisão do Afeganistão, em Cabul, informaram as autoridades do país.

Segundo o porta-voz da polícia Basir Mujahid, um bombista suicida causou uma explosão num autocarro que transportava funcionários da prisão de Pul-e-Charkhi, na zona leste da capital. O homem seguia a pé, de acordo com o porta-voz do Ministério do Interior, Najib Danish.

O ataque não foi imediatamente reivindicado, embora a maioria dos ataques suicidas nos últimos meses tenha sido reivindicada pelo auto-proclamado Estado Islâmico.

O último ataque na capital data de segunda-feira, quando um bombista suicida se fez explodir em frente à sede da Comissão Eleitoral Independente (CIE), matando uma pessoa e ferindo outras seis.

Artigos Relacionados