Pepe Jeans volta a pedir à banca para renegociar dívida. PwC alerta para fortes perdas

Negócios 30 de janeiro de 2019

O grupo espanhol de moda pediu ao BBVA para voltar a renegociar um empréstimo de 250 milhões de euros, numa altura em que as vendas de marcas como a Hackett e a Façonnable estão em queda.

Por Negócios - Jornal de Negócios

O grupo Pepe Jeans enfrenta novas dificuldades financeiras, devido aos efeitos do Brexit e à fraca evolução de uma das suas marcas mais emblemáticas, a Hackett. De acordo com o El Confidencial, que cita fontes do mercado, essas dificuldades já levaram o grupo espanhol de moda a pedir à banca um novo refinanciamento de dívida.

Segundo a publicação, o grupo, que tem a sua base operacional na Catalunha, a sua sede fiscal na Holanda e o seu principal mercado no Reino Unido, pediu ao BBVA para reestruturar um empréstimo de 250 milhões de euros, que já foi renovado em julho de 2017, depois de a empresa ter falhado alguns compromissos financeiros.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login