Ministro defende fim das propinas no ensino superior

Negócios 07 de janeiro de 2019

Manuel Heitor é a favor da adopção de políticas que garantam a redução dos custos das famílias com filhos no ensino superior e admite mesmo o fim das propinas no Ensino Superior.

Por Lusa - Jornal de Negócios

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, defendeu hoje políticas que garantam a redução dos custos das famílias com filhos no ensino superior, admitindo o fim das propinas.

Durante a sua intervenção na Convenção Nacional do Ensino Superior 2030, que hoje decorre no ISCTE-IUL, em Lisboa, Manuel Heitor lembrou os ideais europeus que garantem a frequência do ensino superior sem sobrecarga para as famílias.

Nos últimos três anos, lembrou, o Governo "aumentou 24% o número de bolsas de ação social escolar", que passaram de cerca de 64 mil em 2015 para quase 80 mil atualmente, com destaque para as bolsas de mobilidade para o interior no país, que triplicaram.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login