Greve da Função Pública rondou os 57%

CM 26 de outubro de 2018

Principais razões do protesto dos funcionários judiciais prendem-se com a negociação do estatuto socioprofissional.

Por Lusa - Correio da Manhã

A adesão dos funcionários judiciais à greve geral da Função Pública desta sexta-feira foi de cerca de 57%, a nível nacional, levando ao encerramento de alguns serviços e ao adiamento de diligências, informou o Sindicato dos Funcionários Judiciais.

"Esta greve surge no meio de um processo de protesto dos funcionários judiciais que se iniciou em junho com uma greve de três dias, continuou em 11 de Outubro com uma concentração de 2.500 funcionários em frente ao Ministério da Justiça e vai continuar com um processo de greves a iniciar no próximo dia 5 de novembro e que se prolonga até ao fim deste ano", diz o SFJ em comunicado.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login