Fisco só cobrou 4,7% do total de dívida coerciva

Negócios 19 de dezembro de 2018

A Autoridade Tributária e Aduaneira cobrou 1.045 milhões de euros de dívida coerciva no ano passado, apenas 4,7% do total. O montante que o Fisco conseguiu reaver é inferior em 425 milhões de euros ao total cobrado em 2016.

Por Susana Paula - Jornal de Negócios

O Fisco conseguiu reaver 1.045 milhões de euros em dívida coerciva no ano passado, apenas 4,7% do total em dívida, que são cerca de 22.144 milhões de euros.

O montante cobrado em 2017 fica 28,9% - ou 425 milhões de euros - abaixo do valor que a Autoridade Tributária (AT) conseguiu reaver no ano anterior que rondou os 1.470 milhões de euros.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login