EUA exigiram a países aliados apoio a Guaidó

CM 02 de fevereiro de 2019

Washington pressionou Portugal e Espanha para não se empenharem na via do diálogo com o regime de Nicolás Maduro.

Por Francisco J. Gonçalves - Correio da Manhã

Os EUA sabiam que o líder opositor venezuelano Juan Guaidó ia proclamar-se presidente e pressionaram Espanha e outros aliados ainda antes do dia 23, quando o presidente do parlamento reclamou a chefia do Estado invocando a Constituição.

A revelação surge um dia depois de o Parlamento Europeu ter seguido os EUA e reconhecido Guaidó como "presidente legítimo".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui