Daniel Carriço terá chamado maricas a árbitro

CM 23 de maio de 2016

Observatório apresenta denúncia. Veja o vídeo.

Por Correio da Manhã

Depois de ter sido expulso na final da Taça do Rei de Espanha de futebol entre Sevilha e Barcelona, Daniel Carriço foi denunciado pelo LGBTfobia perante a Comissão estatal contra a Violência, Racismo, Xenofobia e Intolerância.

Em causa estão alegados comentários homofóbicos que o defesa-central português terá proferido ao árbitro do encontro, Carlos del Cerro.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login