Superficialidades Desenvoltas - Parte III
29 de novembroJoão Pedro George

Superficialidades Desenvoltas - Parte III

Ao impor um modelo único de etnografia, Ramada Curto incorre no anacronismo paternalista de quem pretende disciplinar os usos da ciência.

Superficialidades Desenvoltas - Parte II
28 de novembroJoão Pedro George

Superficialidades Desenvoltas - Parte II

Diogo Ramada Curto revela-se insensível à multiplicidade de esferas e de configurações, à diversidade de actores e de micro-poderes que constituem o campo da luta contra a estigmatização racial, e parece querer centrar a questão numa única dimensão — a matriz político-partidária.

Miguel Nunes: “Se não for para Hollywood não é grave”
27 de novembroVanda Marques

Miguel Nunes: “Se não for para Hollywood não é grave”

Foi descoberto na rua por uma agência de modelos, entrou na televisão com 12 anos e tornou-se conhecido nos Morangos com Açúcar. Mas foi o cinema que fez Miguel Nunes desistir da hotelaria. Agora é um espião do KGB em Glória.

Rui Nabeiro, o homem que enfrentou a vida com um sorriso nos lábios
25 de novembroPaulo Barriga

Rui Nabeiro, o homem que enfrentou a vida com um sorriso nos lábios

Foi moço de recados e acabou na lista dos mais ricos de Portugal. Fez fortuna com o contrabando e esteve exilado por dívidas ao fisco. Multiplicou empresas e andou pela política e pelo futebol – o sacrossanto tridente dos homens de poder.

A Newsletter As Mais Lidas no seu e-mail
Às Sextas-Feiras não perca as notícias mais lidas da semana