PSP defende agentes cercados durante funeral de vítimas na 2.ª Circular

PSP defende agentes cercados durante funeral de vítimas na 2.ª Circular
SÁBADO 28 de fevereiro de 2020

Direção Nacional da PSP destaca "sangue frio" de polícia que usou a arma para afastar grupo de motociclistas que o rodeava na Damaia.

A direção nacional da PSP veio defender agentes da polícia insultados e ameaçados no cortejo fúnebre de três homens que morreram num acidente a alta velocidade na Segunda Circular, em Lisboa, na passada semana.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais