Nuno Graciano diz que foi presidente de associação académica, mas não foi

Nuno Graciano diz que foi presidente de associação académica, mas não foi
Marco Alves 17 de março

Ex-presidentes da associação académica da Universidade Moderna desmentem candidato do Chega. André Ventura diz à SÁBADO que não acredita que Graciano tenha mentido e que é "uma pessoa sincera e autêntica".

"O que lhe posso confirmar é isto: o Nuno Graciano foi vice-presidente da Associação Académica na altura em que eu era presidente. Era ele e mais 13 vice-presidentes, se não me engano".

Ricardo Vieira Machado, antigo presidente da Associação Académica da Universidade Moderna de Lisboa confirmou à SÁBADO as informações que a nossa revista já tinha apurado por exclusão de partes ao elaborar a lista de presidentes anteriores da associação de estudantes desta universidade, que já não existe: Nuno Graciano nunca ocupou esse cargo, ao contrário do que referiu no lançamento da sua campanha à Câmara Municipal de Lisboa pelo partido Chega para justificar a sua experiência na política.

Mas era um ativo membro no pelouro da dinamização recreativa (de torneios a festas), contam à SÁBADO vários ex-alunos.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais