Mulher de Vale e Azevedo acusada de burla

Susana Lúcio 27 de junho de 2016

Filipa Vale e Azevedo vai ser julgada num caso de burla com valor superior a 25 milhões de euros

A mulher do antigo presidente do Benfica, Filipa Vale e Azevedo, vai ser julgada, juntamente com dois cúmplices, por crime de burla qualificada e falsificação de documentos, segundo o Correio da Manhã.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação