MNE recebeu hoje "nota verbal" sobre viagem de gémeos iraquianos

Haider Ali e Ridha Ali embarcaram no dia 13 de Dezembro num avião com destino a Istambul

O Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) português afirmou ter recebido hoje "uma nota verbal" da embaixada do Iraque informando da ausência do embaixador e família de Lisboa, depois de os filhos do diplomata terem saído de Portugal esta terça-feira.

Na nota enviada à agência Lusa, o Palácio das Necessidades adianta que, segundo a informação da embaixada iraquiana recebida hoje, o embaixador e a família estarão ausentes de Portugal entre hoje e 5 de Janeiro.

A RTP noticiou esta terça-feira que os filhos do embaixador, suspeitos de terem agredido um jovem em Ponte de Sor, no verão, embarcaram esta terça-feira num avião com destino a Istambul (Turquia).

O ministério recorda ainda que, "por nota verbal do passado dia 7, renovou a solicitação de levantamento da imunidade diplomática de dois filhos do senhor embaixador, pedindo uma resposta definitiva das autoridades iraquianas no prazo máximo de 20 dias úteis".

Haider Ali e Ridha Ali são suspeitos de ter agredido Rúben Cavaco em Ponte de Sor, em Agosto de 2016.

Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais